DANÇAS A NASCER é um espetáculo que liga a Dança e a força sonhadora das imagens sugeridas pelas palavras. Constrói-se a partir das perguntas: como podem as Danças Nascer? ou, de onde partimos para criar uma coreografia? Alia temas próprios da Dança a questões próximas do universo das crianças na sua relação com o espaço e o quotidiano.

Tendo uma componente visual muito forte, explora o Desenho e a Dança que, em conjunto ou de forma alternada, vão modificando o espaço que tão depressa é concreto como logo a seguir se torna abstrato e poético.

PROCESSO DE TRABALHO

O espetáculo construiu-se com a colaboração preciosa de quatro grupos distintos de crianças em contexto escolar e em zonas geográficas afastadas do centro urbano. A elas foi-lhes pedido FAÇAM, experimentando estímulos que exploram ideias-chave da dança (peso/tempo/fluxo /espaço/partes do corpo). Desse trabalho de pesquisa durante o projeto pedagógico resulta um processo de CO-criação entre as crianças e a equipa artística, expresso neste espectáculo PARA a infância.

Equipa Artística

Direcção artística e pedagógica, interpretação Maria Belo Costa | Co-criação, apoio pegagógico e desenho em tempo real Raquel Fradique | Escolas participantes e co-criação EB1 de Alcains, EB 1 de Tinalhas e EB 1 de Escalos de Cima | Apoio às sessões pedagógicas Manuel Filipe | Consultoria artística Ainhoa Vidal e Quarta Parede – Associação de Artes Performativas da Covilhã | Coordenação técnica e desenho de luz pedro fonseca/colectivo, a.c. | Design gráfico Helder Milhano | Figurinos Joana Carvalho – Jomanik | Produção Pé de Pano – Projectos Culturais | Parceria estratégica Quarta Parede – Associação de Artes Performativas da Covilhã | Parcerias locais Centro Artístico Albicastrense, Junta de Freguesia de Alcains, Agrupamento de Escolas de Alcains e S. Vicente da Beira | Financiamento Cultura Vibra / Câmara Municipal de Castelo Branco | Agradecimentos Margarida Garcia da Fonseca